jusbrasil.com.br
8 de Abril de 2020

Fui intimado para comparecer na delegacia.

E agora?

Bruna Camargo, Advogado
Publicado por Bruna Camargo
há 7 meses

Geralmente, não se sabe do que se trata. O ideal seria que seu advogado comparecesse à delegacia entes mesmo do dia marcado para verificar os autos do inquérito. O advogado tem acesso aos inquéritos policiais, naquilo que já estiver documentado, mesmo sem procuração.

Após realizadas as devidas verificações, no dia do comparecimento, o advogado instruirá o cliente a respeito do melhor a se fazer. Muitas das vezes o melhor é fazer uso do seu direito de permanecer em silêncio.

A sociedade em geral tem a crença de que “quem não deve, não teme”, ou que “quem cala, consente”, fazendo com que se acredite que ficar em silêncio e recusar-se a prestar declarações que podem te auto incriminar seria algo visto de forma negativa, MAS NÃO.

O direito ao silêncio é assegurado e deve-se, sim, fazer uso dele. Você não será visto de uma maneira mais afetuosa só por fazer o que o Estado quer que você faça.

Por fim, tudo isso vai ser decidido e analisado conforme o caso em questão. Sendo imprescindível a presença do advogado para a garantia dos direitos, bem como para o início da tese jurídica e defesa futuras.

A declaração prestada em sede policial poderá ser alterada quando estivermos no processo judicial, porém, isso afeta a credibilidade. Estar instruído em ambas as ocasiões fará toda a diferença na persecução penal.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)